Ferry Boat: Justiça determina implantação de medidas pela Internacional Travessias para evitar Covid

A pedido do Ministério Público estadual, a Justiça determinou que a Internacional Travessias Salvador, empresa que opera o sistema Ferry Boat, implemente uma série de medidas para evitar a propagação do coronavírus nas embarcações. Segundo os promotores de Justiça Cristiano Chaves, Rita Tourinho, Márcia Munique e Rogério de Queiroz, autores da ação, o inquérito foi instaurado no dia 2 de abril a fim de averiguar a existência de “descumprimento das normas sanitárias que versam sobre medidas de biossegurança nesse momento de crise epidemiológica, em decorrência da pandemia do coronavírus”. Eles complementaram que o inquérito se deu a partir de representações junto ao MP, que denunciavam a existência de aglomerações no serviço de transporte hidroviário operacionalizado pela empresa Internacional Travessias e fiscalizado pela Agerba.

Na decisão, o juiz Pedro Rogério Castro Godinho determinou que a Internacional Travessias impeça que grupos de passageiros que irão embarcar em momentos distintos, ou em embarcações diferentes, permaneçam juntos na mesma sala de embarque; marque em todos os ambientes e rotas de circulação, inclusive corredores de embarque e desembarque, com um ‘x’ uma malha de pontos com dois metros de afastamento, permitindo uma autofiscalização e uma medida visual de afastamento pelos passageiros; crie mecanismos para evitar a acomodação das pessoas em pé, ou lado a lado acostadas em paredes ou guardacorpos; e afixe sinalizações em todas as circulações e acessos, em atendimento às regras da ABNT, com placas direcionais e de alerta, no campo de visão dos passageiros.

Além disso, a Internacional Travessias deve disciplinar o trajeto de embarque e desembarque de forma escalonada e em fila indiana, com afastamento de dois metros entre as pessoas; exija o uso de máscara facial de proteção respiratória pelos passageiros, funcionários e colaboradores; e proíba a entrada no terminal e o embarque de passageiros que desrespeitem a regra de afastamento social de dois metros e não estejam usando máscaras de proteção respiratória. Também deverá disponibilizar álcool em gel 70% no embarque e no desembarque para higienização das mãos dos passageiros. A Justiça determinou ainda que a Agerba fiscalize o cumprimento das medidas mencionadas.

Morre Francisco Camargo, pai dos sertanejos Zezé e Luciano

Na manhã desta terça-feira (24), morreu o pai de Zezé di Camargo e Luciano, Francisco José de Camargo, de 84 anos, em um hospital em Goiânia. A...

TCA em Casa divulga programação da quarta semana de novembro

O Teatro Castro Alves (TCA) anuncia a programação da quarta semana de novembro do ‘TCA em Casa’, que tem ‘Terça da Música’, ‘Conversas Plugadas’, ‘Voltando aos Palcos’...

Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz ecoam música afro-baiana no Domingo no TCA

No Mês da Consciência Negra, o Teatro Castro Alves (TCA) traz ao Domingo no TCA um dos mais ilustres nomes da representação da música afro-baiana: Letieres Leite...

Casa do Benin reabre com programação especial

Um dos espaços mais importantes voltados para a cultura negra da cidade, a Casa do Benin foi reaberta para visitação após cerca de oito meses fechada por...