Governo suspende reajuste de ingressos de parque nacionais

O governo federal suspendeu, por seis meses, o reajuste nos valores dos ingressos de serviços e atividades das unidades de conservação federais. A portaria do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) foi publicada hoje (19) no Diário Oficial da União.

Na semana passada, o ICMBio havia atualizado a tabela de cobrança dos ingressos, medida agora revista em razão da pandemia de covid-19. Entretanto, os reajustes poderão ser aplicados no caso de parques concedidos, como o Parque Nacional do Iguaçu, por exemplo, quando os serviços de visitação estão delegados a empresas privadas.

De acordo com a portaria publicada hoje, nesse caso, a concessionária poderá optar por não aplicar o reajuste, desde que tal medida não justifique futuro pedido de reequilíbrio econômico-financeiro do respectivo contrato de concessão. Os novos valores poderão ser cobrados a partir de 1º de novembro.

‘Operação Fortuna’ combate milícia e cumpre mandados em 6 municípios baianos

O Ministério Público estadual, por meio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deflagrou na manhã dessa sexta-feira (26/02) em conjunto com a força-tarefa da...

Assassino de cabo da PM em Feira é morto em Abrantes

Foi localizado nesta sexta-feira (26/02), por volta das 12h, em Abrantes, na cidade de Camaçari, o bandido conhecido como "Zoi", que estava foragido após participar da morte...

Renda domiciliar per capita fica em R$ 1.380 em 2020, revela IBGE

A renda domiciliar per capita nominal mensal ficou em R$ 1.380 no País em 2020, segundo cálculos com base nas informações da Pesquisa Nacional por Amostra de...

Contas públicas têm superávit de R$ 58,4 bilhões em janeiro

As contas públicas registraram saldo positivo em janeiro deste ano, em razão das características sazonais do mês. O setor público consolidado, formado por União, estados e municípios,...