Com alto índice de aprovação, Policlínica de Saúde do Baixo Sul já realizou 22 mil procedimentos

Com quase três anos de inaugurada, a Policlínica Regional de Saúde do Baixo Sul – que possui 2,8 mil metros quadrados de área construída, com 12 consultórios e uma equipe multiprofissional qualificada – vem batendo metas importantes de satisfação, sempre acima de 95%, segundo dados da Ouvidoria Geral do Estado (OGE). “O registro de reclamações é muito pequeno”, explica o diretor da unidade, Roberto Deway. Desde junho de 2020, foram realizados 22.209 procedimentos entre consultas e exames.

Durante quatro meses críticos da pandemia do novo corona vírus, a policlínica – localizada no município de Valença – ficou fechada, retomando as atividades em 1º de agosto do ano passado. A reabertura ocorreu a partir de um plano de contingência. “Inicialmente, alguns procedimentos não foram ofertados, cumprindo as orientações das sociedades médicas, devido ao risco de contaminação de pacientes e colaboradores. Atualmente, todos os serviços estão disponíveis e os profissionais da unidade já foram vacinados”, disse Deway.

Adaptações de fluxos e barreiras também foram feitas, como triagem de pacientes, cartazes de orientações, instalação de pias na área externa, ônibus rodando com 50% da capacidade e com ar desligado. O uso de EPIs foi adaptado às novas condições epidemiológicas, para evitar a transmissão da covid-19.

Atendendo aos municípios de Cairu, Camamu, Gandu, igrapiúna, Itaparica, Ituberá, Nilo Peçanha, Nova Ibiá, Piraí do Norte, Taperoá, Teolândia, Valença e Wenceslau Guimarães, a policlínica facilitou a vida de muita gente. “Tínhamos dificuldade de fazer alguns exames aqui em Valença, sendo necessário ir para Salvador ou Itabuna. Ano passado, fiz uma tomografia, sendo muito bem atendido. Agora, retorno para novos exames de revisão a pedido do médico”, contou o agricultor Antônio Carlos.

“Sempre que preciso tenho agendado consultas e exames. Antes, quando precisava tinha que fazer particular e nem sempre conseguia, por falta de condição financeira”, afirmou Sidenália Lima, de Igrapiúna. Recentemente, o Governo do Estado entregou mais um veículo do tipo van, que atenderá pacientes da Ilha de Itaparica. No total já são oito veículos realizando o transporte de pacientes dos municípios consorciados até a unidade de Valença.

O Governo do Estado projeta o funcionamento de 25 policlínicas em toda a Bahia até 2022. As próximas a serem entregues serão em Ribeira do Pombal, Itaberaba, Eunápolis, Brumado, Serrinha, Santa Maria da Vitória, São Francisco do Conde, além de duas unidades em Salvador.

Valéria registra assassinatos de mulher e homem em intervalo de 2h

Uma mulher e um homem foram mortos no intervalo de duas horas na noite de domingo (28/02), no bairro de Valéria, em Salvador. De acordo com a...

Prazo para entregar declaração do Imposto de Renda começa hoje

A partir das 8h de hoje (1º), o contribuinte pode começar a prestar contas com o Leão. Nesta segunda-feira começa o prazo de entrega da Declaração do...

Bahia começa Copa do Nordeste derrotando Salgueiro

O Bahia venceu o Salgueiro, fora de casa, por 3 a 2, na estreia das duas equipes na Copa do Nordeste de 2021. O Tricolor baiano, que...

Itabuna vai seguir medidas restritivas e prefeito garante hospital de campanha

O prefeito de Itabuna Augusto Castro garantiu a instalação de um hospital de campanha com 35 leitos clínicos e de UTI e também assegurou que irá seguir...