Jovem morta em Conquista não era o alvo dos autores, aponta Polícia Civil

O homicídio de Hiandra Couto Soares Oliveira, de 22 anos, será investigado pela Delegacia de Homicídios de Vitória da Conquista, conforme nota enviada ao Informe Baiano pela Assessoria de Comunicação da Polícia Civil.

“Ela estava na casa de uma amiga e foi atingida por disparos de arma de fogo, deflagrados por homens que chegaram em uma motocicleta, na noite de quinta-feira (11). De acordo com os relatos iniciais, ela não era o alvo dos autores”, diz a PC.

Em grupos de WhatsApp de Salvador chegou a ser divulgada a informação que o crime ocorreu em Jardim Valéria. De fato, procede a notícia, mas ocorreu na capital. Conforme apurou o IB, a morte aconteceu no bairro de mesmo nome, mas na Rua R, no município de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia. Sites da região, a exemplo do Blog do Anderson e do Macaubense Life, relatam que a jovem era natural de Itapetinga e morou em Eunápolis.

As amigas da vítima, que era estudante de Direito, presenciaram o crime e ficaram desesperadas. O áudio de uma das jovens pedindo ajuda através de grupos de mensagem viralizou.

Estudante de Direito morta na frente das amigas na Bahia