Governo autoriza certificação de 146 comunidades de fundos e fechos de pasto

Foi autorizada, por meio de no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (17), a certificação de 146 comunidades tradicionais de fundos e fechos de pasto de diversos territórios da Bahia. Os despachos, assinados pelo governador Rui Costa, contribuem para o acesso a políticas públicas nos campos do reconhecimento cultural, do meio ambiente, regularização fundiária, inclusão produtiva rural, dentre outras áreas.

De acordo com a titular da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Fabya Reis, a pasta agora segue nos encaminhamentos para o processo de emissão dos certificados, cumprindo sua atribuição institucional designada por lei, além de materializar a Política Estadual para o Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais.

“Esta medida fortalece ainda mais o trabalho pela inclusão dos povos e comunidades tradicionais, somada a outras ações, a exemplo da criação do CESCPT, um colegiado que agora integra a nossa estrutura na condição de conselho estadual. Além disso, seguimos com atuação em diversas frentes, incluindo o Edital da Década Afrodescendente específico para este período de pandemia e ações de proteção sanitária para estes segmentos”, pontuou.

Flamengo e Palmeiras decidem supercampeão do Brasil hoje

O primeiro campeão nacional da temporada 2021 será conhecido neste domingo (11). A partir das 11h (horário de Brasília), o Flamengo, campeão brasileiro de 2020, mede forças...

Execução dentro de residência em Massaranduba

Um rapaz de 20 anos foi assassinado na noite de sábado (10/04), no bairro de Massaranduba, região da Cidade Baixa de Salvador. O crime aconteceu por volta...

Operação apreende arsenal de guerra, explosivos e coletes balísticos no extremo sul baiano

Um verdadeiro arsenal de guerra foi apreendido por equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar da Bahia (PMBA) na madrugada deste domingo (11/04), em...

Família rouba corpo de parente com Covid-19 para fazer enterro

Uma família da Colômbia ‘roubou’ o corpo de um familiar do hospital onde ele havia morreu com Covid-19. O objetivo era (só) levar os restos mortais do...