Câmara instala grupo de análise de PL que combate as Fakes News; Lídice integra colegiado

A Câmara dos Deputados instalou, nesta terça-feira (6), o Grupo de Trabalho destinado a analisar e elaborar parecer ao Projeto de Lei nº 2.630/20, aprovado no Senado, que aperfeiçoa a legislação brasileira sobre a liberdade, responsabilidade e transparência na internet com o intuito de combater a disseminação da desinformação nas redes.

A relatora da CPMI das Fake News, deputada Lídice da Mata (PSB-BA), afirmou na reunião que o tema é de extrema relevância e está na pauta mundial.
“O debate é atual e se dá em todo o mundo, na busca de legislar a respeito desse assunto. Não é fácil determinar fronteiras e limites dentro da internet e deve ser levado em consideração a experiencia de cada país em relação as notícias falsas, prejudiciais. Na minha concepção, notícia falsa com a intenção de alcançar algum tipo de resultado é uma ação criminosa”, avaliou.

A parlamentar deu o exemplo do que chamou de “pandemia das fake news” que acontece paralelamente à pandemia da Covid-19, com notícias falsas a respeito do vírus, de medicações e até mesmo da eficácia da vacinação. “Estamos chamados a uma participação em um tema muito importante e que requer muito trabalho. Me coloco a disposição para contribuir com o grupo.”

O Grupo de trabalho é presidido pela deputada Bruna Furlan (PSDB-SP) e o PL é relatado pelo deputado Orlando Silva (PCdoB-BA). O colegiado realizará audiências públicas, oitivas, debates e encontros com organizações internacionais no decorrer de 90 dias, prorrogáveis por mais 90.

Entre as medidas presentes na proposta aprovada no Senado estão a proibição de contas criadas com o objetivo de assumir a identidade de outras pessoas ou contas automatizadas conhecidas como robôs; a obrigação da identificação clara dos conteúdos publicitários e aqueles que tiveram seu alcance ampliado; e a classificação de contas em redes sociais de funcionários públicos e ocupantes de cargos eletivo como de interesse público. Além disso, os serviços de mensagem terão que preservar por três meses os registros das cadeias de encaminhamentos de mensagens para identificar a origem de conteúdos que violem a lei.

Turismo na Baía de Todos-os-Santos ganha incremento com obras do Prodetur e Baía Viva

Iniciativa que visa fomentar o turismo náutico na Baía de Todos-os-Santos (BTS), o Prodetur Nacional Bahia encontra uma contrapartida na esfera privada, nas ações que a Fundação...

Homem descumpre medida protetiva e acaba preso pela ORMP

Um homem foi preso em flagrante por equipes da Operação Ronda Maria da Penha (ORMP), no município de Juazeiro, Norte do estado, após descumprimento de medida protetiva...

Fortalecimento da política da Educação Profissional na Bahia com o Educar para Trabalhar é discutido durante encontro virtual, nesta sexta (23)

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia promove, nesta sexta-feira (23), às 17h30, um encontro virtual do Programa Educar para Trabalhar, desenvolvido no âmbito do Estado...

Agricultura familiar baiana conta com modalidade de assistência técnica inovadora

A Bahia inova com uma modalidade de assistência técnica e extensão rural (Ater) direcionada para o fortalecimento de sistemas produtivos estratégicos da agricultura familiar. Com o Mais...