Justiça nega pedido de liberdade para ‘Gatinha da Cracolândia’

A Justiça de São Paulo negou, nesta terça-feira (28), um pedido de liberdade para Lorraine Cutier Bauer Romeiro, jovem de 19 anos que ficou conhecida como “Gatinha da Cracolândia”. A informação foi divulgada pelo jornal Extra.

Lorraine está presa por suspeita de tráfico de drogas desde 22 de julho. O juiz que avaliou o pedido alegou que todos requisitos necessários para prisão preventiva seguem válidos, “especialmente a garantia da ordem pública, uma vez que a acusada foi presa em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, sendo que já respondia outro processo em relação ao mesmo delito”.

O juiz também negou prisão domiciliar porque “a denunciada descumpriu o mesmo benefício em outro processo recentemente”.

A Polícia Civil investiga possível ligação da “Gatinha da Cracolândia” com o PCC e entende que ela era uma das chefes da facção no local conhecido pelo grande tráfico de drogas. Ela nega as acusações e diz que só comprava os entorpecentes.

‘Gatinha da Cracolândia’ diz que “só ia para comprar”

Últimas Noticias

Randerson Leal defende a regulamentação das festas de paredões

Com o objetivo de regulamentar a prática dos eventos de paredões no Estado, Randerson Leal, 1° suplente de vereador...