Dólar dispara após Guedes falar em ‘licença’ para furar teto de gastos

O dólar opera em forte alta nesta quinta-feira (21), após o ministro Paulo Guedes confirmar que o governo pagará R$ 400 de Auxílio Brasil até dezembro de 2022 e falar em “licença” para furar o teto de gastos para financiar o benefício.

Às 9h56, a moeda norte-americana saltava 1,60, vendida a R$ 5,6470. Na maior cotação do dia até o momento chegou a R$ 5,6750, renovando máximas que não eram atingidas desde meados de abril. Veja mais cotações.

Lá fora, os ativos brasileiros negociados nos mercados externos despencavam nesta manhã em reação às declarações feitas pelo ministro na noite de quarta-feira e temores de descontrole fiscal, indicando mais um dia de turbulência também na bolsa brasileira. Em Paris, um ETF que acompanha o Ibovespa desabava 5,2%, maior queda desde março. No pré-mercado em Nova York, o iShares MSCI Brazil ETF caía 3,8%.

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas Noticias