Força Invicta comenta indicação de parlamentares para promover oficiais da PM

A associação Força Invicta, que representa os oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militares, enviou nota ao Informe Baiano sobre a reportagem publicada na última segunda-feira (08/11) sobre a indicação de políticos para promoção de militares.

O IB detalha que dois deputados federais, Valmir Assunção (PT) e Lídice da Mata (PSB), enviaram ofícios ao governador Rui Costa solicitando promoção de oficiais por merecimento. Abaixo, o comunicado da Força Invicta:

RESPOSTA DA FORÇA INVICTA AO INFORME BAIANO

A partir da campanha “O Mérito tem que superar a indicação”, a Força Invicta se posiciona acerca das regras de promoção por merecimento, defendendo uma norma mais moderna, já que a nossa atual é regulamentada em função da realidade de 1982 e “os tempos mudaram”.

A denúncia anônima publicada pelo Informe Baiano expressa claramente o desejo de mudança, de melhoria e de justiça no trato deste assunto e o momento é oportuno, uma vez que tramita na área sistêmica do Governo um projeto de lei que propõe alterações nesta legislação.

Ver seus pares serem injustamente preteridos por candidatos com avaliações menores não agrada nem motiva nenhum profissional em carreira nenhuma e é o mesmo que decidir colocar os destinos da segurança pública e da tranquilidade dos cidadãos baianos em mãos menos preparadas. A hora é de mudar, de melhorar e de fazer justiça aos militares estaduais, integrantes de uma categoria mais do que sofrida e sacrificada, dando-lhes uma promoção por merecimento que premie os mais dedicados, os mais aptos, os melhores.

Os próprios parlamentares chamados a se pronunciar sobre o assunto afirmam que a promoção deve ser técnica e segundo critérios pré-estabelecidos. O atual regramento vem criando um gargalo que ano após ano se agiganta, e agiganta a desmotivação dos militares estaduais da PM e do CBM.

A promoção por merecimento é um importante instrumento de gestão estratégica de pessoas, por meio do qual se fomenta de modo institucional e legítimo a seleção dos mais aptos para os cargos mais elevados, sendo seu desempenho medido em função da sua contribuição efetiva para o desenvolvimento institucional da Corporação Militar Estadual a qual serve.

Esta simples fórmula, amplamente reconhecida e adotada há anos no serviço público do próprio Estado da Bahia por várias categorias de servidores públicos e, também, por inúmeras outras Corporações Militares de outras unidades federativas, resulta, por sua vez, numa maior garantia, aos cidadãos baianos do zelo no trato e da proteção da sua vida, dos seus bens e dos seus direitos, o que já é muito importante para estes em momentos de predominância da paz e da tranquilidade públicas e se torna um imperativo essencialíssimo em momentos em que estas não predominam.

A Força Invicta reitera a necessidade, a importância e a oportunidade do Governo estadual de realizar tal modernização no nosso plano de carreira, dando tranquilidade à aflição dos denunciantes e de seus simpatizantes, dentre os quais esta entidade se situa, e dando cabo da já sistematizada e sistêmica desmotivação que impera nas carreiras de oficiais militares estaduais da Bahia.

Para tanto, permanecemos à disposição para contribuir na construção das soluções consensuais adequadas para esta mudança de concepção – para melhor.

DIRETORIA EXECUTIVA
FORÇA INVICTA

Deputados indicam oficiais da PM para serem promovidos

Últimas Noticias

Marília Mendonça deixou conteúdos para publicar

Wander Oliveira, empresário de Marília Mendonça, deu uma entrevista ao colunista Leo Dias em que revelou que a artista...