Contra reajuste na tarifa do ferry-boat, Jurailton cobra explicações ao governo e à AGERBA

O deputado estadual Jurailton Santos (Republicanos), cobra explicações ao governo do Estado e à AGERBA (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia), sobre o aumento nas tarifas da linha hidroviária intermunicipal via ferry-boat de Salvador a Itaparica, que ficaram mais caras desde a última segunda-feira (08).

“Um reajuste de 10,72% é uma afronta aos baianos, principalmente para os moradores das ilhas que utilizam com frequência o transporte marítimo. O serviço oferecido é precário, as embarcações estão em péssimo estado, faltam estrutura, segurança, acessibilidade, serviços de saúde e higiene. O que justifica esse aumento, uma vez que os usuários não têm melhorias? A população não pode pagar o preço por um desserviço ”, disse Jurailton, que lembra que o reajuste supera o índice anual do último IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) divulgado pelo IBGE, que estava em 10,25%.

Na Assembleia Legislativa, o parlamentar apresentou algumas proposições em defesa dos que utilizam o sistema ferry-boat, a exemplo da Indicação n° 23.154/19, já aprovada na Casa Legislativa, que exige que o sistema hidroviário contrate um profissional de saúde para prestar atendimento emergencial dentro das embarcações.

“O descaso com o usuário do ferry-boat é antigo e constante. Quantos foram os casos de pessoas que morreram durante a travessia por não receberem os primeiros-socorros? Por isso solicitei ao governo do Estado essa medida, inclusive já aprovada, no entanto, ainda aguardamos a sanção do governador. O povo merece respeito, e o aumento na tarifa chega a ser abusivo. Só se manifestam quando é para benefícios próprios?”, cobra o republicano.

Novas tarifas:

Com a mudança, o passageiro pedestre passa a pagar R$5,60 de segunda a sexta, ao invés de R$ 5,10. Nos fins de semana e feriados, o valor aumenta de R$6,70 para R$7,40. As tarifas dos veículos de pequeno porte passaram de R$45,70 para R$50,60 de segunda a sexta, e de R$64,70 para R$71,70 aos sábados, domingos e feriados. Já os veículos grandes que antes pagavam R$ 58,40, passarão a pagar R$64,70 em dias úteis.

Últimas Noticias