Suspeito de homicídio é preso 48 horas após o crime

DT Macarani ainda apreendeu a arma utilizada pelo homem e pinos de cocaína. Morte teria sido motivada por rivalidade entre traficantes

Policiais da Delegacia Territorial (DT) de Macarani prenderam, 48 horas após o crime, o suspeito de matar Edinaldo da Silva de Araújo, no domingo (14), naquela cidade.

O homem foi encontrado numa casa, com o revólver calibre 32, utilizado no crime, além de balança de precisão e dezenas de pinos de cocaína vazios. A roupa que o suspeito vestia no dia do homicídio também foi apreendida pelas equipes policiais.

O titular da DT/Macarani, delegado Roberval Nolasco, informou que as investigações indicam que crime foi motivado pela rivalidade entre grupos de traficantes. “A vítima respondia a dois processos por tráfico de drogas e o suspeito também confessou o envolvimento com esse delito”, falou Nolasco.

O homem foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e associação para o tráfico. “Vamos solicitar a prisão preventiva pelo homicídio”, acrescentou o delegado.

Últimas Noticias

“Novo Lázaro” já está foragido há cinco dias

Uma força-tarefa com ao menos 50 policiais segue nas buscas pelo caseiro Wanderson Mota Protácio, de 21 anos, foragido...