Conder realiza levantamento de imóveis afetados pelas enchentes no sul e extremo sul

A Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur), se une às demais instituições estaduais nas ações do gabinete avançado do Governo do Estado no sul e extremo sul da Bahia para atender as vítimas das enchentes, causadas pelas fortes chuvas dos últimos dias.

Equipes de Engenharia e do Social da Conder encontram-se desde quarta-feira (15) na região de Itamaraju, conforme decisão tomada em reunião do gabinete de crise do Governo do Estado, instalado no município, que contou com a liderança do presidente da companhia, José Trindade. De imediato, está sendo feito a identificação das áreas mais afetadas, assim como a situação dos imóveis residenciais e comerciais nesses locais e o cadastro da população vítima das enchentes.

“Iniciamos o trabalho de apoio com a triagem dos imóveis para viabilizar, o mais breve possível, o retorno das famílias às suas moradias, assim como os pontos comerciais também atingidos pelas enchentes”, esclarece José Trindade.

De acordo com Trindade, o papel da instituição, neste primeiro momento, é realizar o levantamento do número de imóveis total e parcial destruídos, um estudo das condições em que se encontram, além do cadastro da população prejudicada. Os trabalhos já foram iniciados em Nova Alegria, na quarta-feira (15), e prossegue em Jucuruçu, nesta quinta (16), com as equipes em campo. Esses dois municípios estão entre as áreas mais afetadas.

A partir das informações coletadas pelas equipes da Conder, será possível planejar as ações para a recuperação das residências e pontos comerciais que tiveram danos menores, sem comprometimento da estrutura, assim como a construção das novas casas, que deve ocorrer em áreas com maior segurança e menor risco de novos alagamentos. Para a recuperação, os trabalhos serão executados em parceria do Governo do Estado com os consórcios intermunicipais de infraestrutura.

Últimas Noticias