Aprovação de projeto que prioriza atendimento para acompanhantes evita agravamento da vulnerabilidade, diz Coronel

O Senado aprovou nesta quarta-feira (26/04) o projeto que prevê prioridade no atendimento a acompanhantes de idosos, gestantes, lactantes, pessoas com crianças de colo e obesos. Essa prioridade poderá ser exercida quando estiverem acompanhando os titulares de tal benefício.

O senador baiano Angelo Coronel (PSD), que votou favorável ao projeto, lembra que é lei, desde 2000, o atendimento prioritário a essas pessoas em lugares como órgãos públicos, bancos e veículos de transporte coletivo, mas não trata dos acompanhantes.

“Essa medida é importante para evitar o agravamento da vulnerabilidade das pessoas assistidas e situações desconfortáveis onde, em alguns casos, famílias são separadas”, opinou.

O projeto segue agora para sanção presidencial.

Últimas Noticias

Receita Federal bate recorde de arrecadação em abril: R$ 195 bilhões

O crescimento das arrecadações obtidas por meio de Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas (IRPJ) e a Contribuição Social...