Governo do Estado amplia Hospital do Oeste, em Barreiras, com novos leitos de UTI e um setor de oncologia-radioterapia

Com a implantação de uma nova UTI, de um setor de oncologia-radioterapia e com a reforma do Centro de Obstetrícia, o Hospital do Oeste, em Barreiras, qualifica ainda mais a assistência em alta complexidade para os moradores da região do agronegócio baiano. Ao todo, o Hospital do Oeste passa a contar com mais 38 novos leitos, distribuídos entre 23 leitos de UTIs adulto e neonatal, cinco leitos de Pré-parto, Parto e Puerpério, além dos dez destinados a quimioterapia.

A ampliação da unidade foi inaugurada pelo governador Rui Costa nesta segunda-feira (2), junto com as autorizações para as licitações da pavimentação de duas rodovias e da implantação de um novo terminal de passageiros para o Aeroporto de Barreiras. Ele deu ordem de serviço para o início imediato da construção de um Sistema Simplificado de Abastecimento de Água, entregou cinco viaturas para o Corpo de Bombeiros e autorizou outras licitações.

Rui Costa pontuou os investimentos que o Governo do Estado está fazendo em diversas áreas e que alcançam a região. “Aqui nós fizemos a UPA, duas policlínicas, as sucessivas ampliações que continuam sendo feitas no Hospital do Oeste, trazendo serviços que não existiam aqui, como cardiologia e, hoje, oncologia. Estamos investindo cerca de R$ 230 milhões em estradas na região”, elencou.

O governador destacou que a Bahia é o segundo estado em investimento do Brasil. “Nos últimos 7 anos e três meses ficamos atrás apenas de São Paulo, que tem orçamento seis vezes maior que o nosso. Entretanto, a Bahia passou São Paulo na execução de obras por dois meses seguidos. Esse resultado é fruto da ação de muitas pessoas e temos que reconhecer esse trabalho”.

Rui também autorizou a SDR/CAR e as cooperativas dos produtores de leite locais a iniciarem a obra de implantação de um laticínio em Barreiras. A Seinfra foi autorizada a licitar outras obras, entre elas, a construção do Terminal de Passageiros do Aeroporto de Barreiras, a recuperação de 65 quilômetros das BAs 447 e BA-465, que ligam Barreiras a Angical, ainda outro trecho da rodovia BA-455, saindo de Barreiras, passando pelo entroncamento da BA-463 (Catolândia) e dando acesso ao povoado de Bezerra.

Presente na visita ao município, o secretário da Seinfra, Marcus Cavalcanti, destacou as melhorias realizadas ao longo dos anos em infraestrutura. “Hoje nós estamos com uma situação de estradas bem diferente do que tivemos aqui no passado. Além disso, nós colocamos aqui R$ 25 milhões por ano em um fundo que nós administramos em conjunto com os produtores da região. E esse fundo, já foi responsável pela execução de cerca de 100 km de estradas de acessos às propriedades rurais”, citou.

Hospital do Oeste

A Secretaria da Saúde do Estado foi autorizada a licitar uma nova ampliação do Hospital do Oeste, para a instalação de um Centro de Estudo e Pesquisa para Residência e ampliação de leitos de UTI pediátrica. Ao todo, o investimento na unidade supera os R$ 46 milhões entre obras, equipamentos e mobiliário. Com R$ 23 milhões aplicados somente em obras, a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) faz parte da terceira etapa desse projeto de ampliação. Nesta fase, entrará em funcionamento o serviço de quimioterapia e, em breve, o serviço de radioterapia e braquiterapia, com o aporte adicional de R$ 14,2 milhões, que estão em licitação.

A descentralização da saúde foi um dos assuntos abordados por Rui Costa. “Eu falei desde a campanha que iria descentralizar a Saúde, levando para o interior, serviços que só existiam em Salvador ou em outros grandes centros urbanos. Com isso, nós reunimos prefeituras de diversas regiões e estamos colocando policlínicas em todas as regiões do estado. Também estamos investindo em UTIs, aqui no Oeste, em Ibotirama, Luís Eduardo, Santa Maria da Vitória, Ibotirama. Assim, no mapa da Bahia, haverá serviços de saúde a distâncias menores para todos os municípios”.

Saneamento básico

O novo Sistema de Abastecimento de Água que está sendo construído em Barreiras pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica, através da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), vai atender às localidades de Assentamento Rio de Ondas, Assentamento Santa Rita, Barroca, Cajuerama, Fazendinha, Jaleco, Sucuruizinho, Mucambinho e Ribanceira. A intervenção beneficia cerca de 400 famílias com um investimento de R$ 3,24 milhões. A Cerb também foi autorizada a licitar a construção do Sistema Simplificado de Abastecimento de Água nas localidades de Cachoeira do Rio de Ondas, Rio Branco e Pecuária, beneficiando 237 famílias com um investimento de R$ 780 mil.

Últimas Noticias

Ipea: Uma a cada quatro pessoas poderia trabalhar remotamente

No Brasil, aproximadamente uma a cada quatro pessoas poderia trabalhar de forma remota, de acordo com o Instituto de...