Setur-BA incentiva turismo LGBTQIA+ e étnico-afro para movimentar economia

Dois eventos realizados em Salvador, na quinta-feira (30), ligados ao turismo LGBTQIA+ e étnico-afro, tiveram o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo (Setur-BA). Inclusão, cultura e incremento na economia fizeram parte da programação.

No Hotel Mercure Pituba, aconteceu a primeira edição do roadshow da Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil. O evento teve a participação do titular da Setur-BA, Maurício Bacelar, e de representantes do trade, que discutiram o fomento das atividades turísticas voltadas para o público LGBTQIA+ no estado. O segmento é reconhecido como de grande potencial econômico.

Na orla da capital, foi aberto o projeto Capoeiragem no Largo das Baianas, em Amaralina. No local, os visitantes poderão acompanhar apresentações de capoeira, samba de roda, maculelê e puxada de rede, além de saborear o tradicional acarajé. A iniciativa do Núcleo de Capoeira do Nordeste de Amaralina (Nucama) vai funcionar de quinta-feira a sábado, das 17h às 19h; no domingo, as atividades serão das 10h às 12h.

“Queremos resgatar a tradição do largo, com a volta das rodas de capoeira e dos turistas, gerando renda para capoeiristas, baianas e proprietários de bares e restaurantes, através dessa importante ajuda do Governo do Estado”, declarou o presidente do Nucama, Denilson de Lima.

Para a presidente da Associação das Baianas de Acarajé e Mingau, Rita dos Santos, “a nossa categoria está animada com o projeto porque as vendas deverão aumentar, neste momento de crise econômica”.

“Em um mesmo dia, tivemos a satisfação de contribuir com iniciativas de dois segmentos importantes do turismo. Contemplamos o público LGBTQIA+, que terá ainda mais motivos para visitar a Bahia; e a comunidade de Amaralina, com a valorização da cultura e movimentação da economia do bairro”, ressaltou o secretário Maurício Bacelar, presente na abertura do projeto de capoeira.

Últimas Noticias

Eleições 2022: veja o que pode ou não no dia da votação

Faltam 50 dias para as Eleições 2022, e a Justiça Eleitoral já começou a reforçar para o eleitor, principalmente...