Prefeitura Municipal de Savaldor

DreofCiber prende mulheres que ofereciam vantagens no CadÚnico

Duas mulheres, de 19 e 39 anos, foram presas na quarta-feira (24), no bairro do Comércio, em Salvador, oferecendo facilidades para o acesso no Cadastro Único, da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza. Eles cobravam para que, supostamente, as pessoas obtivessem vantagens em auxílios governamentais.

Segundo as investigações da Delegacia de Repressão aos Crimes de Estelionato por Meio Eletrônico (DreofCiber), integrante do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), a dupla dizia ensinar os futuros beneficiários a burlar a entrevista aos servidores, prometendo sucesso na entrada dos programas sociais. No momento do flagrante, dez vítimas do esquema haviam pago de R$ 150 a R$ 200 para a inserção no CadÚnico, que é gratuita.

Em depoimento, as duas mulheres confessaram que levavam de cinco a dez pessoas por dia na Secretaria. “Recebemos a denúncia e fomos lá. Confirmamos e realizamos a prisão em flagrante. Uma delas dizia que era funcionária do órgão, mas não tinha nenhum vínculo, e que conseguia de alguma forma furar a fila do benefício”, declarou o delegado Charles Leão, titular da DreofCiber. “A princípio, não há participação de nenhum servidor público no crime”, acrescentou.

Autuadas em flagrante por estelionato, as mulheres encontram-se à disposição do Poder Judiciário, aguardando audiência de custódia.

Fundação Jose Silveira
Prefeitura Municipal de Savaldor

Urgente: Marido que esfaqueou mulher na frente dos filhos em Sete de Abril se apresenta à Polícia

O homem suspeito de matar a jovem Ruana Karina dos Santos Silva, na terça-feira (27) em Salvador, identificado como...