Governo do Estado da Bahia

Ex-policiais ligados à primeira milícia são condenados

O 3º Tribunal do Júri do Rio de Janeiro condenou os milicianos André Luiz da Silva Malvar e Ricardo Teixeira Cruz, conhecido como Batman, por homicídios cometidos em 2007.

O ex-policial civil André Malvar foi sentenciado a 72 anos e seis meses de prisão por quatro homicídios qualificados, sendo dois tentados, assim como por associação armada, enquanto o ex-policial militar Batman foi condenado a 18 anos e seis meses por uma tentativa de homicídio duplamente qualificada e por associação armada. A pena deverá ser cumprida em regime fechado.

A promotora de Justiça Carmen Eliza de Carvalho demonstrou ao júri que os crimes foram cometidos por vingança, na disputa pelo controle de pontos de transporte alternativo na zona oeste do Rio e na Região dos Lagos. As vítimas sofreram uma emboscada quando estavam ao lado de Francisco Cesar da Silva de Oliveira, o Chico Bala, considerado rival dos condenados. Morreram a mulher e o enteado de Chico Bala, que escapou da emboscada com o primo.

Ao fixar a sentença o Juízo levou em consideração a audácia dos criminosos, “que praticaram o crime em plena luz do dia, aos olhos da população ao redor, certos de sua impunidade”. Ressaltou também que os condenados são responsáveis pela banalização das regras comportamentais com a criação da chamada Liga da Justiça.

Prefeitura Luis Eduardo Magalhães
Prefeitura Municipal de Savaldor

Viviane Araújo curte dias de descanso na Bahia ao lado da família

Aproveitando alguns dias de descanso na Bahia, a atriz Viviane Araújo compartilhou em suas redes sociais fotos ao lado...