Governo do Estado da Bahia

Itabuna: população sofre com descaso da Emasa e deputado questiona contrato milionário

O sistema de abastecimento de água da cidade de Itabuna, que é operado pela Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa), tem gerado diversos transtornos. Irritada, a população questiona freqüentemente a prefeitura municipal sobre o motivo da constante falta de água em diversos bairros, além do reajuste na conta mensal de 12%.

Nas redes sociais, o deputado e representante da região Sul, Fabrício Pancadinha (SD), apontou que o serviço custa aos cofres públicos cerca de R$17 milhões por ano. Curiosamente, antes da Emasa vencer o contrato, a gestão municipal executada o serviço e não havia tanto problema.

“Qual a justificativa para um serviço com valor tão alto que a própria prefeitura executava?”, indaga o parlamentar ao apontar ainda que “há casos com mais de 30 dias sem água”.

Em um vídeo que viralizou nas redes sociais, um morador chega a citar o prefeito da cidade, Augusto Castro. O usuário da Emasa, em tom irônico, denuncia a falta de respeito e afirma que faltou água enquanto ele tomava banho. “Que esculhambação, Augusto!”. Abaixo, o vídeo do deputado Pancadinha sobre o caso.

Fundação Jose Silveira
Prefeitura Porto Seguro

Ministério da Saúde anuncia Dia D nacional para combater a dengue

O Brasil tem apresentado, em 2024, um aumento expressivo de casos de dengue, importante problema de saúde pública no...