Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsivaGoverno do Estado da Bahia

Presidente do Podemos diz que Sidninho falou “bobagem” e destaca “sentimento da importância dos partidos”

O presidente municipal do Podemos, George da Hora Júnior, rebateu em conversa com o Informe Baiano, na manhã desta quarta-feira (03/05), o vereador Sidninho, que também integra o partido, mas já estaria com os dias contados na agremiação. O edil declarou ao site Bahia Notícias que a entrada ao PSDB de Carlos Muniz, presidente da Câmara de Salvador, significaria um retorno de “forma indireta” ao Podemos.

“O Podemos não será rebocado por nenhuma decisão. A filiação de Muniz ao PSDB não significa uma filiação indireta do Podemos. Muniz está indo para o PSDB. Falar que é uma filiação indireta ao Podemos é uma bobagem e até um desrespeito ao PSDB, que é um grande partido e tem seu protagonismo, além de tradição. Quem aborda dessa forma sabe pouco de política e não respeita ‘players’ políticos”, pontua George.

O presidente do partido, que foi um dos responsáveis pela campanha vitoriosa do deputado federal Raimundo Costa, também opinou sobre a possibilidade de uma federação, ainda esse ano, entre Podemos, PSDB e Cidadania.

“Lá na frente, no pleito estadual talvez seja possível. Mas agora é mais difícil, pois são muitos problemas regionais. A federação está cada dia mais difícil de sair, embora algumas pessoas digam que vai acontecer. Há problemas graves que não foram superados”, revela George.

Sobre a disputa municipal em 2024, o político afirma que “é preciso enxergar que está cada dia mais fortalecido o sentimento da importância dos partidos políticos”. “No ano que vem, eu acredito que em Salvador só terá 15 nominatas para 43 vereadores. O que significa isso? Vai faltar partido para vereador. É preciso ser mais partido e menos individualista”, opina.

“Eu não tenho dúvidas que aqui no Podemos nós teremos um ambiente de acordos cumpridos, um ambiente de disputa justa e não vai ter surpresinha de última horta, onde ‘caciques’ determinam quem ganha e quem perde a eleição”, finaliza o presidente municipal do Podemos.

Prefeitura Luis Eduardo Magalhães
Prefeitura de Juazeiro

Populações periféricas são mais vulneráveis à dengue

"O meu homem-aranha está amuado, tristinho. É tão estranho”. A auxiliar de serviços gerais Juliana Pereira, de 28 anos...