Assassino do Cabo Elias troca tiros com a Rondesp em Camaçari

Um dos assassinos acusado de matar o Cabo PM Elias de Santana Souza, de 47 anos, no bairro da Federação na última terça (19) após um assalto foi morto nesta sexta (22). Em contato com o Informe Baiano, um policial que participou da operação disse que o marginal reagiu a uma abordagem da Rondesp RMS no bairro do Limoeiro, em Camaçari, e terminou baleado. Foi prestado socorro, mas ele não resistiu. Já um comparsa dele, optou por se entregar e foi preso. Um revólver calibre 38 foi apreendido. Os nomes dos suspeitos ainda não foram revelados.

Rondesp RMS2

Rondesp RMS3Um casal suspeito de envolvimento com a quadrilha que matou o agente foi preso no Alto de Ondina. A Polícia Civil afirmou que as investigações apontam que três homens são suspeitos de terem participação diretamente na morte do policial.

Últimas Noticias

Órgão dos EUA alerta contra viagens para mais 22 destinos

Uma lista do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos emitiu um alerta de viagem...