Prefeitura Municipal de Savaldor

Médico que arrematou viagem em leilão beneficente de Neymar já foi investigado por explosão de lancha

Um dos médicos que participaram do leilão beneficente organizado por Neymar na noite de quinta-feira (22), arrematando uma viagem com Virginia Fonseca e Poliana Rocha, teve seu passado conturbado exposto. O cirurgião plástico Willian Pires, que integrou o grupo de médicos vencedores do leilão, já foi investigado por supostamente explodir uma lancha em Caldas Novas. Em dezembro de 2020, ele foi alvo de mandados de busca e apreensão durante a Operação Navio Fantasma, conduzida pela Divisão de Repressão a Roubos e Furtos (DRF) do Distrito Federal.

Segundo informações da Polícia Civil, Willian Pires é suspeito de ter provocado a explosão da embarcação com o intuito de receber o valor do seguro. O incidente teria ocorrido em 11 de dezembro de 2019, quando o médico teria assinado o seguro da lancha e se colocado como proprietário. Em seguida, com a ajuda de outras pessoas, teria simulado um incêndio para obter o valor do seguro, estimado em cerca de R$ 800 mil, devido às características e potência da embarcação de 50 pés.

O cirurgião plástico, que atua tanto em Goiás quanto no Distrito Federal, não estava presente em seu apartamento em Brasília quando os policiais cumpriram os mandados de busca e apreensão. Na época, a Polícia Civil informou que Willian Pires estaria em Goiânia para atender pacientes em busca de procedimentos estéticos.

Nas redes sociais, o médico compartilha sua rotina de luxo, exibindo viagens internacionais e postando fotos ao lado de belas mulheres em passeios de barco e comemorações em restaurantes sofisticados, tanto em Brasília quanto em outros destinos turísticos, como Fernando de Noronha. Ele se apresenta como especialista em lipoaspiração de alta definição e mamoplastia de aumento.

Willian Pires foi indiciado por estelionato e associação criminosa no âmbito da Operação Navio Fantasma, que desarticulou uma quadrilha especializada em fraudar acidentes automobilísticos para obter pagamentos de seguros. No entanto, sua participação no esquema se restringe à explosão da lancha em território goiano, sem qualquer ligação com outros golpes investigados, de acordo com informações do portal Metrópoles.

Apesar das polêmicas envolvendo o médico, sua participação no leilão beneficente organizado por Neymar e a arrematação da viagem ao lado de Virginia Fonseca e Poliana Rocha ocorreram de forma legal. O valor pago pelo grupo de médicos vencedores foi de R$ 735 mil. A expectativa é que a doação arrecadada no leilão beneficie milhares de crianças e famílias em situação de vulnerabilidade, conforme destacado pelo cirurgião plástico em sua publicação no Instagram.

Virginia Fonseca, em um vídeo nas redes sociais, agradeceu a contribuição dos participantes do leilão, destacando que o valor arrecadado beneficiará o instituto. Ela ressaltou que, apesar da personalidade excêntrica dos médicos, o importante é o apoio dado à causa beneficente.

Prefeitura Luis Eduardo Magalhães
Prefeitura Porto Seguro

Em Ubatã, PRF recupera uma motocicleta roubada há quase 40 anos

Na última segunda-feira (26), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou uma motocicleta roubada há quase 40 anos. O incidente...