Prefeitura Municipal de Savaldor

Sargento da PM denuncia agressão durante abordagem em Cajazeiras e “fuzil na cara”

Um sargento da reserva da Polícia Militar, identificado como Dilson Almeida, denunciou uma abordagem abusiva de um policial militar lotado no 22o Batalhão, antiga 3a CIPM, em Cajazeiras. Segundo ele, houve agressão e um fuzil foi apontado para o seu rosto na noite dessa quarta-feira (26/07). Uma testemunha disse ao Informe Baiano via WhatsApp que meteram o “fuzil na cara” da vítima.

O caso teria ocorrido no bairro de Cajazeiras V, quando Dilson escutava um som com um amigo na rua onde mora. De acordo com ele, mesmo se identificando como PM, o agente mandou ele abaixar o volume e o agrediu com um tapa no peito. Ele ainda ressalta que, por causa disso, acabou caindo em cima do carro e teve um enorme prejuízo.

Ao Informe Baiano, Dilson afirmou que está se dirigindo na manhã desta quinta-feira (27) para a Corregedoria da instituição, para formalizar a denúncia. “Meteram o fuzil na mina cara. Eu cair em cima da minha Captiva. Amassou meu carro. Eu vou pra delegacia agora e depois vou na corregedoria”.

28d9a797 a42d 481e bacb 99a3ed93b11c
Foto: Arquivo Pessoal

Contatada pelo IB para obter mais informações, a Polícia Militar disse que em caso de conduta contrária à legalidade, a PM disponibiliza o contato da Ouvidoria (0800 284 0011) e o endereço da Corregedoria da instituição para a vítima.

Fundação Jose Silveira
Prefeitura Municipal de Savaldor

Xanddy surpreende e fala sobre lutar com Popó: “não dá pra ele”

O cantor Xanddy surpreendeu ao comentar a possibilidade de um duelo de boxe com o pugilista Acelino Popó de...