Exemplo de imagem responsivaGoverno do Estado da Bahia
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador

Bruno Reis critica corte de 16 mil soteropolitanos do Bolsa Família e pede “averiguação maior” do Governo Federal

O prefeito Bruno Reis criticou o corte de 16 mil beneficiários do Bolsa Família em Salvador, nesta sexta-feira (28/07), durante a entrega, no bairro de Pau da Lima, da primeira unidade do Prato da Gente, novo programa social do município. Na ocasião, também foram inaugurados o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e o posto de atendimento do Cadastro Único (CadÚnico).

O gestor pediu que as pessoas prejudicadas com a suspensão “procurem imediatamente as nossas unidades centralizadas, os CRAS, prefeituras-bairro ou ponto central no Comércio para regularizar o cadastro”. Bruno acrescentou que “não precisa de agendamento”.

Salvador tinha 307 mil pessoas cadastradas no Bolsa Família e caiu para 291 mil pessoas. “A gente pede que haja por parte do Governo Federal uma averiguação maior antes de suspender o benefício porque estão prejudicando muitas mães e pais de família que dependem do benefício. E que estão com a situação regular, mas pelo fato de ser unipessoal, ser o único beneficiário, estão tendo a suspensão”, relatou Bruno Reis. O prefeito da capital baiana disse ainda que há um cadastro com 69 mil pessoas na expectativa de serem contempladas com o auxílio.

Pau da Lima: Bruno Reis lança “Prato da Gente” e entrega novo CRAS com posto do CadÚnico

Fundação Jose Silveira
Prefeitura Municipal de Savaldor

Toyota deve investir R$ 11 bilhões no Brasil

O vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, antecipou, neste domingo (3), que a Toyota...