Exemplo de imagem responsivaGoverno do Estado da Bahia
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsivaGoverno do Estado da Bahia

Ambulantes do Caminho da Fé em Salvador recebem certificados de capacitação

Mais de 80 ambulantes que desempenham as suas atividades pelo Caminho da Fé, trecho da capital baiana que abrange desde o Largo de Roma até o Bonfim, receberam, na última segunda-feira (11), certificados de conclusão do curso do Sou Salvador, programa voltado para o desenvolvimento de habilidades empreendedoras oferecido pela gestão municipal.

A cerimônia de entrega dos certificados ocorreu no auditório do Projeto Bom Samaritano, localizado no bairro do Bonfim. Essa iniciativa educacional, que se encerrou no final de julho, foi conduzida pelo Programa Empreenda Salvador, em colaboração com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Renda (Semdec) e a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), contando também com o apoio do Projeto Bom Samaritano.

Conforme explicou Alysson Carvalho, diretor de Serviços Públicos da Semop, o curso teve como objetivo fornecer conhecimentos essenciais aos comerciantes, permitindo-lhes aprimorar suas habilidades, oferecer produtos e serviços de alta qualidade de maneira consciente e garantir a rentabilidade e sustentabilidade de seus negócios.

Alysson destacou a importância da qualificação dos ambulantes como um meio crucial de melhorar o atendimento aos visitantes da cidade e sua capacidade de participar de eventos como o Carnaval. “Hoje é um dia muito importante com a entrega desses certificados. A qualificação é um dos principais portais de acesso para que os nossos ambulantes possam tratar melhor todas as pessoas que chegam até a nossa cidade”, declarou.

“Queremos com isso oferecer cada vez mais um serviço de qualidade para a população. O ambulante é uma parte integrante da nossa cidade. O prefeito Bruno Reis tem olhado com muita sensibilidade, cuidado e respeito a todos eles. A Semop, que tem esse papel de ordenamento e fiscalização, tem buscado parcerias com diversos órgãos para que possamos oferecer cada vez mais essa capacitação”, emendou.

O ambulante Cléo Reis, que recebeu um dos certificados, expressou a sua gratidão pelo curso, afirmando que a capacitação ajudará todos os ambulantes a prestar um serviço ainda melhor, especialmente aos turistas. “Só vai trazer melhorias para a gente. Melhorando para a gente melhora também o turismo”, contou.

Já a ambulante Joselha Alves Campos ressaltou a relevância de aprender a utilizar a internet para promover seus produtos e serviços. Ela mencionou que o curso a incentivou a adotar estratégias de divulgação online, o que já começou a atrair mais clientes por meio das redes sociais. Joselha, que trabalha como ambulante desde os 15 anos e agora tem 57 anos, elogiou o projeto.

“O trabalho está sendo maravilhoso. Foram dois dias de curso, mas de informações valiosas. A gente vê a intenção positiva do projeto, porque, aqui, aprendemos a lidar com os nossos clientes”, pontuou Joselha.

Prefeitura Luis Eduardo Magalhães
Prefeitura Municipal de Savaldor

SÓ NA CABEÇA: Facção criminosa toca o terror em Fazenda Coutos e executa jovem

Em disputa por território, uma facção tocou o terror no bairro de Fazenda Coutos, Subúrbio Ferroviário de Salvador, nesta...