Exemplo de imagem responsivaGoverno do Estado da Bahia
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsivaGoverno do Estado da Bahia

COB entra na reta final de preparação para Santiago 2023; primeiras equipes já viajam dia 1º de outubro

Está chegando a hora! Faltam exatos 27 dias para a abertura dos Jogos Pan-americanos Santiago 2023, que serão disputados entre os dias 20 de outubro e 5 de novembro, no Chile. E o COB entrou na reta final de preparação de toda a sua gigantesca estrutura para o evento.

As primeiras equipes de trabalho viajarão para o país já no dia 1º de outubro. No mesmo dia já será dado o pontapé inicial nas operações no local, para que tudo esteja em perfeitas condições quando os atletas chegarem.

E são muitos detalhes! Afinal, o COB terá uma delegação recorde, com mais de mil pessoas. É a maior para uma competição fora do Brasil em toda a centenária história da entidade.

“A preparação está nos últimos detalhes. É um momento de muita ansiedade. É uma organização muito complexa, já que serão outras seis bases, além de Santiago, recebendo diversas modalidades. Temos que ter uma estrutura completa em todas elas. A nossa logística faz o transporte de todos os equipamentos, barcos de vários tipos, cavalos, toda a gama de materiais de treino”, explicou Rogério Sampaio, diretor-geral e Chefe de Missão dos Jogos Pan-americanos.

“Teremos uma delegação de mais de mil pessoas. É uma missão recorde em número de atletas participantes. Só teve mais quando organizamos o Pan, aqui no Rio. Pensamos em todos os detalhes para que os atletas se preocupem apenas em treinar, descansar e competir”, disse ele.

Atualmente, o Brasil conta com 580 vagas garantidas. A expectativa é de ter cerca de 600 competidores lutando pelas medalhas.

“O brasileiro gosta e sempre gostou dos Jogos Pan-americanos. Nossos objetivos são classificar o maior número de atletas para os Jogos Olímpicos, de maneira direta, além de nos mantermos entre os três primeiros colocados no quadro de medalhas. Logicamente, também é fundamental ampliar nosso número de conquistas em relação ao que fizemos em Lima 2019. Isso é fundamental. Queremos fazer amanhã melhor do que fizemos ontem”, disse Rogério Sampaio.

Para isso, o Brasil contará com força máxima na maioria das modalidades. A delegação terá inúmeros campeões mundiais e medalhistas olímpicos, brigando por mais medalhas e também pelas vagas em Paris 2024. Serão 21 modalidades com classificações direta, além de outras 12 com pontuação importante no ranking.

Alguns dos principais destaques já confirmados na competição são: Rebeca Andrade e Arthur Zanetti, da ginástica artística; Ana Marcela Cunha, da natação em águas abertas; Bia Ferreira, do boxe; Rafaela Silva, do judô; Duda e Ana Patrícia, do vôlei de praia; Rayssa Leal e Kelvin Hoefler, do skate; Martine Grahel e Kahena Kunze, da vela; Marcus D’Almeida, do tiro com arco; Hugo Calderano, do tênis de mesa, e muitos outros.

Clique aqui e confira a lista com os atletas que já estão confirmados no Pan. Lembrando que esses são os nomes já divulgados pelas confederações até 20 de setembro.

Nos últimos Jogos Pan-americanos, o Brasil quebrou os recordes de medalhas de ouro (54) e do total de pódios (169), repetindo o desempenho da edição São Paulo 1963, quando terminou o evento no segundo lugar do quadro geral de medalhas, atrás somente dos Estados Unidos. Além disso, foram conquistadas 29 vagas olímpicas.

Prefeitura Luis Eduardo Magalhães
Prefeitura de Juazeiro

Dengue: 14,7% das vacinas distribuídas aos municípios foram aplicadas

Das 1.235.119 vacinas contra a dengue distribuídas a municípios selecionados pelo Ministério da Saúde, apenas 182.204 foram aplicadas em...