Exemplo de imagem responsivaGoverno do Estado da Bahia
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador

Jogador Paulinho sofre intolerância religiosa na web após estreia na seleção

O atacante Paulinho, do Atlético-MG, foi alvo de intolerância religiosa depois de estrear pela Seleção Brasileira na última quinta-feira (16/11), na derrota diante da Colômbia por 2 x 1, em partida válida pela 5ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026.

No perfil do jogador, internautas fizeram diversos comentários ofensas à religião de Paulinho, que é praticante do candomblé. “Se macumba funcionasse, Bahia seria rica”, “Cadê seu Exu agora, Paulinho?”, “Paulinho macumba manchando a história da Seleção”, diziam alguns comentários.

O Atlético-MG prestou solidariedade ao atleta. “A intolerância religiosa é crime e deve ser combatida por todos. O Galo repudia veementemente os ataques destinados ao nosso atleta Paulinho, nas redes sociais, durante a partida da Seleção Brasileira. Força, Paulinho. Que sua fé te proteja da maldade alheia!”, escreveu o clube.

No dia 6 deste mês, após ter sido convocado para a seleção, Paulinho comemorou e postou uma foto com a camisa verde e amarela, com a frase: “Nunca foi sorte, sempre foi Exú”.

Fundação Jose Silveira
Prefeitura de Juazeiro

Populações periféricas são mais vulneráveis à dengue

"O meu homem-aranha está amuado, tristinho. É tão estranho”. A auxiliar de serviços gerais Juliana Pereira, de 28 anos...