Exemplo de imagem responsiva Prefeitura de Salvador
Informe Baiano
Exemplo de imagem responsivaGoverno do Estado da Bahia

Manuel Rocha critica ausência do presidente da ViaBahia na ALBA e defende abertura de CPI: “Desrespeito com o Parlamento”

O deputado estadual Manuel Rocha, presidente da Comissão de Agricultura e Política Rural da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), criticou nesta terça-feira (28), a ausência do presidente da ViaBahia, José Bartolomeu, em reunião conjunta com a Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo. Uma convocação dele havia sido aprovada pelos dois colegiados.

A reunião, marcada para discutir os péssimos serviços prestados pela concessionária, foi suspensa devido à ausência do representante da empresa responsável pela administração de trechos das BR-324 e BR-116 no estado. Para Manuel Rocha, o presidente da concessionária demonstrou descaso em relação à convocação do Parlamento. “A ausência do presidente da ViaBahia, mesmo após convocação, é um desrespeito ao Poder Legislativo e uma afronta à sociedade baiana. É inadmissível que uma empresa que administra rodovias tão cruciais para nosso estado não preste esclarecimentos às autoridades e à população”, ressaltou o parlamentar.

As críticas direcionadas à concessionária estão relacionadas à má qualidade dos serviços oferecidos, incluindo a falta de conservação das estradas, a falta de segurança, atrasos em obras e atendimento precário aos usuários. As BR-324 e BR-116 são vias estratégicas para o desenvolvimento do estado, servindo não apenas ao agronegócio, mas também ao setor de turismo, indústria e transporte de cargas.

Diante da falta de cooperação da ViaBahia, o Manuel Rocha voltou a defender a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a atuação da concessionária. “É fundamental que façamos uma investigação aprofundada sobre a gestão e os serviços prestados pela ViaBahia. Os problemas nessas rodovias afetam diretamente a vida dos baianos, comprometendo a segurança, a economia e a qualidade de vida”, enfatizou o deputado.

Prefeitura Luis Eduardo Magalhães
Prefeitura Municipal de Savaldor

Populações periféricas são mais vulneráveis à dengue

"O meu homem-aranha está amuado, tristinho. É tão estranho”. A auxiliar de serviços gerais Juliana Pereira, de 28 anos...