Wagner chama manifestante de vagabunda após ser hostilizado

Uma reportagem do jornal Correio Braziliense deste domingo (6) afirma que o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, xingou uma manifestante após ser hostilizado em um restaurante japonês durante o almoço. O petista havia passado cerca de uma hora no local e, ao se levantar, uma cliente sentada em uma mesa ao fundo do restaurante gritou: “Fora PT”. Outras pessoas sentadas à mesma mesa acompanharam a manifestação e entoaram o coro de “Fora!”, “Ladrões!”. Irritado, o ex-governador baiano não levou o desaforo para a casa e contra-atacou: “Vocês não estudaram? Vagabunda, mal-educada e fascista”, disse.

Engenheiro brasileiro enfrenta desafio em missão aeroespacial simulada

Imagine que você está em missão espacial e tem direito a apenas oito minutos de banho – por semana. Em tese, um minuto por dia. Como faria...

Ação em Cajazeiras localiza pistolas com menor e adulto

O Esquadrão de Motociclistas Águia da PM encontrou duas pistolas fabricadas na Áustria e nos E.U.A. com um adolescente e um adulto. O flagrante aconteceu na noite...