Wagner chama manifestante de vagabunda após ser hostilizado

Uma reportagem do jornal Correio Braziliense deste domingo (6) afirma que o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, xingou uma manifestante após ser hostilizado em um restaurante japonês durante o almoço. O petista havia passado cerca de uma hora no local e, ao se levantar, uma cliente sentada em uma mesa ao fundo do restaurante gritou: “Fora PT”. Outras pessoas sentadas à mesma mesa acompanharam a manifestação e entoaram o coro de “Fora!”, “Ladrões!”. Irritado, o ex-governador baiano não levou o desaforo para a casa e contra-atacou: “Vocês não estudaram? Vagabunda, mal-educada e fascista”, disse.

Gêmeos prende dois assaltantes de ônibus e recupera 11 celulares

Dois assaltantes de ônibus foram capturados, logo após o crime, na tarde deste sábado (12), por equipes da Operação Gêmeos da Polícia Militar. Onze celulares das vítimas...

Vigilância Sanitária aplica multa de R$ 10 mil em festa clandestina em Caetité

Na madrugada deste sábado (12), agentes fiscalizadores da Vigilância Sanitária de Caetité (VISA) receberam a denúncia de que uma festa de aniversário acontecia na comunidade de Cachoeirinha,...

Bahia fecha com a União primeiro acordo com apoio do Centro de Mediação e Conciliação do STF

O Estado da Bahia firmou com a União o primeiro acordo com apoio do Centro de Mediação e Conciliação (CMC) do Supremo Tribunal Federal (STF). O compromisso...

Olimpíada: Fernando Reis e Jaqueline Ferreira se classificam

Nesta sexta-feira (11), a Federação Internacional de Levantamento de Pesos (IWF) divulgou a lista inicial de atletas classificados os Jogos Olímpicos de Tóquio. Dois brasileiros já estão...