Prefeitura de Salvador vai distribuir 100 óculos com tecnologia assistiva para rede de educação e Instituto de Cegos da Bahia

A Prefeitura de Salvador adquiriu 100 óculos com tecnologia assistiva OrCam MyEye, um equipamento de visão artificial com uma câmera inteligente de leitura instantânea de textos, reconhecimento de rostos, produtos, cores e cédulas de dinheiro em tempo real. Os aparelhos serão utilizados pela rede municipal de ensino e pelo Instituto de Cegos da Bahia (ICB), através de um termo de cooperação técnica.

Os detalhes da iniciativa foram divulgados, nesta quinta-feira (4), pelo prefeito Bruno Reis e pelo secretário municipal da Educação (Smed), Thiago Dantas, no Centro de Formação Emília Ferreiro, no Costa Azul. As primeiras unidades já foram entregues para 31 alunos e 13 professores cegos, proporcionando mais inclusão ao ensino e aprendizado na capital baiana.

“Este equipamento vai mudar a vida das crianças que têm deficiência visual em nossa rede, dando a elas condições de disputar um Enem ou um vestibular em pé de igualdade com a criança que não possui deficiência. A leitura em braile já ocorre, mas com ela os alunos precisam de um tempo maior. Com esses óculos inteligentes, é possível absorver muito mais conteúdo. É a tecnologia evoluindo para permitir que essas pessoas superem as perdas físicas que a vida impôs”, destacou Bruno Reis.

Com a aquisição dos OrCam, acrescentou o prefeito, a ideia é ampliar estratégias que promovam acessibilidade de alunos com deficiência em sala de aula, garantindo o direito à educação, além de proporcionar maior autonomia. “Desde quando eu conheci essa tecnologia, me impressionei. Estamos fazendo um grande esforço para que a educação da nossa cidade, em especial na área digital, seja mais inclusiva”, reforçou.

Foto: Valter Pontes/ Secom PMS
O aparelho OrCam permite o acesso fácil e instantâneo a informações em tempo real, com transmissão por áudio. O dispositivo é discreto, mede cerca de 7cm de comprimento e fica acoplado na haste de um par de óculos.

“Essa é uma tecnologia criada em Israel e faz uso inteligência artificial. É a única em reconhecimento ótico de caracteres que funciona sem a necessidade de conexão com a internet. O usuário pode enxergar em qualquer lugar, inclusive para cumprimentar uma pessoa, pois o dispositivo grava rosto e nome. Também dá para ler, de perto e longe, qualquer palavra, cardápio, bula de remédio, em três línguas: português, inglês e espanhol”, explicou Doron Sadka, CEO da Mais Autonomia, empresa que trouxe o OrCam para o Brasil.

Titular da Smed, Thiago Dantas pontuou que a ideia de investir nas aquisições teve início há cerca de oito meses. O processo envolveu consultas com educadores que possuem deficiência visual e representantes do ICB.

“A rede municipal de Educação faz hoje uma ação concreta para um grupo de alunos e professores que precisa do nosso apoio e de uma educação inclusiva acontecendo com plenitude. Além de ganhos nas atividades escolares, o uso da tecnologia traz benefícios ainda à integração, socialização e bem-estar dos alunos com deficiência visual”, completou. Segundo a Smed, alunos e professores cegos já começaram a passar por treinamento para uso da tecnologia assistiva.

A Prefeitura também vai destinar óculos inteligentes para o Instituto de Cegos da Bahia, organização social referência no estado: “Agradeço ao prefeito pela parceria. Com certeza vai mudar a vida de muitas pessoas que são assistidas pela nossa instituição, que existe há 90 anos”, celebrou Heliana Diniz, presidente da entidade.

Autonomia – Entusiasmada com a novidade, Lúcia Flávia Alves celebrou os primeiros resultados do uso dos óculos OrCam por seu filho, o aluno José Leandro Alves Conceição Santos, 14 anos, da Escola Municipal Joir Brasileiro, em Brotas. O jovem foi um dos primeiros alunos a receber o equipamento. “Ele vai ganhar bastante autonomia, como, por exemplo, na hora de ler um livro que não esteja em braile e também ao fazer os deveres de casa graças a essa tecnologia”, diz.

Lúcia conta que já tinha visto reportagens sobre os óculos, mas nunca imaginou que chegaria até seu filho. “É um equipamento muito caro e a gente pensa que jamais vai ter condição de comprar. Quando ele foi chamado para o treinamento, fiquei muito feliz e agradecida”.

Contratação de ADI – Bruno Reis lembrou de outros investimentos municipais para promover a inclusão de estudantes na cidade, citando implantações de 30 salas para Atendimento Educacional Especializado (AEE). O prefeito ainda anunciou nesta quinta (4) que será lançada na próxima semana uma licitação para contratação de mais 1,2 mil Auxiliares de Desenvolvimento Infantil (ADI).

“Antes, havia um déficit enorme desses profissionais. Quando assumi a gestão aumentei o quadro em 25%. Na próxima semana vamos soltar licitação para mais 1,2 mil ADIs para atender a rede e suprir a demanda que ainda existe”, acrescentou.

BAHIA OU SÃO PAULO? Flávio recusa proposta do Fluminense e deve ser negociado nos próximos dias

O volante Flávio continua na mira do Bahia, mas ainda não recebeu uma proposta formal. O Informe Baiano apurou, neste domingo (21/07), que o...

Congelamento de R$ 15 bi no Orçamento será oficializado nesta segunda

A equipe econômica oficializará, nesta segunda-feira (22), o congelamento de R$ 15 bilhões no Orçamento de 2024. A suspensão dos valores constará do Relatório...

BAHIA OU SÃO PAULO? Flávio recusa proposta do Fluminense e deve ser negociado nos próximos dias

O volante Flávio continua na mira do Bahia, mas ainda não recebeu uma proposta formal. O Informe Baiano apurou,...
Fundação Jose Silveira

BAHIA OU SÃO PAULO? Flávio recusa proposta do Fluminense e deve ser negociado nos próximos dias

O volante Flávio continua na mira do Bahia, mas ainda não recebeu uma proposta formal. O Informe Baiano apurou,...

Congelamento de R$ 15 bi no Orçamento será oficializado nesta segunda

A equipe econômica oficializará, nesta segunda-feira (22), o congelamento de R$ 15 bilhões no Orçamento de 2024. A suspensão...

Neojiba: Programa do Governo do Estado transforma a vida de crianças e adolescentes por meio da música

Saíde tem 17 anos e mora no Bairro da Paz, em Salvador. Ele passou a fazer parte do coro...

TÁ DIFÍCIL! Vitória consegue jogar pior que o Grêmio e perde

Em um jogo marcado pelo péssimo futebol, o Grêmio conseguiu ganhar do Vitória, neste domingo, no estádio Centenário, em...