Homem roubado em “ensaio da Anitta” decide processar cantora; ele pede R$13 mil por colar

A cantora Anitta está sendo processada por um homem que afirma ter tido o cordão de ouro roubado em uma pista premium no evento “Ensaio da Anitta”, que aconteceu na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais, no dia 27 de janeiro deste ano. O processo foi obtido pela colunista Fábia Oliveira, do Metrópoles.

Segundo ele, enquanto curtia o show, “foi surpreendido por marginais que circulavam pelo evento, e o assaltaram puxando de seu pescoço o cordão de ouro que portava”. Ainda de acordo com a ação movida, “a vítima foi jogada ao chão e os marginais que estavam em grupo de aparentemente quatro desferiram golpes que o atingiram, na intenção de intimidá-lo”.

De acordo com informações da “ação de indenização por danos morais e materiais”, aberta no dia 9 de abril, o autor alega que se encontrava na esplanada no Estádio Governador Magalhães Pinto, conhecido popularmente como Mineirão, e administrado pela Minas Arena, para o evento.

No processo, o advogado do homem afirma que, após o ocorrido, ele tentou achar apoio da organização da festa, mas haviam apenas bombeiros civis, que em nada o ajudaram. MAis tarde, ainda dentro do estádio, “a vítima encontrou novamente os meliantes, que o reconheceu e começaram a agredi-lo, ficando o mesmo, com diversos machucados”, e juntou no processo, imagens do seu rosto.

Após conseguir se desvencilhar das agressões e tentar novamente, sem sucesso, a assessoria da organização do evento ou do estádio, o homem saiu das dependências e se encaminhou a viatura policial, onde novamente identificou um dos autores, que teria sido preso. No entanto, de acordo com o autor, o objeto não foi resgatado, e os danos causados não teriam sido reparados.

À Justiça, a defesa do homem afirmou que, diante das agressões e da evidente negligência dos organizadores, ele deve ser indenizado por danos morais (de R$ 10 mil) e materiais (3.182,40, em nota fiscal anexada).

No processo, além de Anitta, o autor ainda acionou mais três empresas. O valor total da causa é de R$ 13.182,40.

De acordo com a colunista, no dia 10 de abril, uma carta de citação havia sido expedida para tentativa de citar Anitta no Rio de Janeiro. Até o fechamento desta nota, a cantora ainda não havia apresentado defesa no processo.

Uma audiência de tentativa de conciliação está marcada para 9 agosto, de forma virtual. O caso está na 10ª Unidade Jurisdicional Cível, do 30º JD da Comarca de Belo Horizonte.

SUSTO! Bondinho do plano inclinado do Comércio despenca

O bondinho do plano inclinado do Comércio despencou no fim da manhã desta quarta-feira (17/07). Apesar do susto, não houve feridos. A Polícia Militar, bem...

ENTROU NA JUSTIÇA: Éder Militão pede guarda de Ceci, filha com Karoline Lima

O jogador do Real Madrid, Éder Militão, causou polêmica na web ao entrar na Justiça para pedir a guarda da filha Cecília, de 2...

SUSTO! Bondinho do plano inclinado do Comércio despenca

O bondinho do plano inclinado do Comércio despencou no fim da manhã desta quarta-feira (17/07). Apesar do susto, não...
Fundação Jose Silveira

SUSTO! Bondinho do plano inclinado do Comércio despenca

O bondinho do plano inclinado do Comércio despencou no fim da manhã desta quarta-feira (17/07). Apesar do susto, não...

ENTROU NA JUSTIÇA: Éder Militão pede guarda de Ceci, filha com Karoline Lima

O jogador do Real Madrid, Éder Militão, causou polêmica na web ao entrar na Justiça para pedir a guarda...

Com apresentação do padre Fábio de Melo, Festa de Santa Dulce terá 13 dias de programação em agosto

A Prefeitura de Salvador e as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) apresentaram nesta quarta-feira (17) a programação da Festa...

Drake tem mansão inundada em meio a chuvas recordes no Canadá

Drake teve sua mansão inundada por fortes chuvas. O rapper mostrou a situação da sua residência nessa terça-feira (16/07),...