Também? Depois de Marília Gabriela e Bruna Lombardi é a vez de Daniela Mercury recusar convite de Temer

A baiana Daniela Mercury recusou o convite do presidente em exercício Michel Temer de assumir a Secretaria Nacional de Cultura do Governo Federal. Ela foi procurada pela senadora Marta Suplicy, segundo a repórter Marlene Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo. Na madrugada desta quarta-feira (18), Daniela Mercury postou em uma de suas redes sociais, a seguinte frase: “Um povo que cala seus artistas, cala sua própria voz”. Daniela, assim como diversos artistas, afirmou que é contra a união do Ministério da Cultura com o Ministério da Educação. “Não estou falando de partidos políticos. Estou falando de nós como sociedade. Nós estamos nos machucando e maltratando. Não estamos em guerra com nós mesmo”, escreveu a cantora no seu Instagram.

O presidente quer que a vaga seja ocupada por uma mulher famosa por conta das críticas de que apenas homens foram escolhidos para cargos estratégicos no Governo. Também já foram procuradas para ocupar a pasta oferecida a Daniela a jornalista Marília Gabriela e a atriz Bruna Lombardi.

Últimas Noticias