Será? PMDB sofre golpe e impeachment perde força

O PMDB pode ter sofrido um verdadeiro “golpe” dos “aliados” e dos articuladores de Dilma na luta contra o impeachtment. De acordo com uma fonte do Informe Baiano, em Brasília, alguns “supostos” opositores  ao Governo estavam, na verdade, esperando o partido de Eduardo Cunha e Michel Temer abrir mão dos cargos para entrar em ação, negociar com o Planalto e fechar com o PT. Já estariam garantidos o apoio contra o impeachment dos deputados do PP, PROS, PSD, PR e PTN, somando 141 votos. Juntos, PT, PCdoB e PSOL tem 75 votos.
Mas o Governo também conta com alguns “empecilhos” dentro dos partidos e também está angariando os votos de legendas com menor expressão, a exemplo de PTdoB, PSL e PEN, que juntos tem 7 parlamentares.  Há informações ainda que 38 deputados do PMDB acompanham o PT. Ou seja, 254 votos, número mais do que suficiente para garantir a vitória na Câmara Federal.
Até sexta-feira, dia 8 de abril, uma série de nomeações em uma edição extra do Diário Oficial da União deve acontecer. Vamos aguardar.

Últimas Noticias

Acusado de mandar matar pediatra é preso em Barreiras

Um homem apontado como mandante do homicídio do médico pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, de 44 anos, teve...