Ex-ministra Luiza Bairros, referência do Movimento Negro, morre em Porto Alegre

A ex-ministra Luiza Helena Bairros morreu na manhã desta terça (12) na cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Ela lutava contra um câncer no pulmão há meses. Apesar de ser gaúcha, ela era considerada uma baiana de coração e morou em Salvador desde 1979, onde atuou em diversos movimentos sociais, com destaque para o Movimento Negro Unificado – MNU.

A “baiana” foi titular da Secretaria de Promoção da Igualdade Social da Bahia e ministra-chefe da Secretaria de Políticas Públicas da Igualdade Racial do Brasil, de 2011 a 2014. Trabalhava e militava politicamente nas áreas de raça e gênero. Luiza também trabalhou em programas das Nações Unidas – ONU contra o racismo em 2001 e em 2005.

O vereador de Salvador, Silvio Humberto, lamentou a morte. “Perdemos hoje uma referência para todos nós que lutamos contra o racismo e sexismo e desejamos um Brasil com igualdade pra valer. Uma perda irreparável, sobretudo nesse momento que existe uma ameaça às conquistas por igualdade racial que foram razão da sua vida. Deixa-nos um legado de luta, ética , compromisso, comprometimento e fraternidade. Que siga e descanse em paz”, afirmou.

Últimas Noticias

Série D: Aparecidense e ABC começam a disputar vaga na final

Aparecidense e ABC se enfrentam neste domingo (24), a partir das 16h (horário de Brasília) no estádio Aníbal Batista...