Estudo revela até que idade as crianças devem dormir no berço

Os pais sempre querem o melhor para os filhos: a alimentação mais indicada, o calçado mais apropriado e também a melhor cama, tudo para garantir um crescimento saudável e com as bases certas.

É sobre este último ponto que um grupo de cientistas da Sleep Medicine se focou. Para eles, embora a passagem do berço para uma cama seja um importante passo na educação da criança, não há motivos para se ter pressa – se deve deixar o filho dormir no berço até os três anos de idade.

Ao analisarem casos de quem dorme em berços e quem dorme em camas, o grupo concluiu que são os primeiros os que contam com um sono melhor, mais profundo e menos ininterrupto. Por consequência, também os pais irão dormir melhor se não tiverem de se levantar para verificar o filho que acordou.

A amostra de estudo contou com indivíduos provenientes do Reino Unido, Austrália, Estados Unidos, Canadá e Nova Zelândia. A longo prazo, este melhor sono se traduz em uma atitude menos rabugenta e, a nível de crescimento, vai resultar em crianças mais estáveis.

Para complementar essas conclusões, uma psicóloga pediátrica (que não pertence ao grupo de estudo) explica que embora alguns pais vejam o berço como uma espécie de jaula e por isso optem precocemente pela cama, as crianças se sentem mais protegidas em ambientes pequenos.

Relacionados