Azi pede que Rui Costa atenda apelos dos prefeitos do interior para o envio de policiais

O deputado federal Paulo Azi (DEM) disse hoje (07) que o governador Rui Costa “tem feito um esforço enorme para aparecer na mídia” às custas da onda de violência que tomou conta do Ceará. “Enquanto os prefeitos do interior da Bahia imploram diariamente para que o Estado envie policiais para as cidades que são diariamente vítimas dos assassinatos, do tráfico de drogas e da explosão de caixas eletrônicos e assaltos a instituições bancárias, que são obrigadas a fechar, Rui Costa produz um factoide, como se 100 policiais fossem resolver a crise que se abateu no governo petista do Ceará. Esses 100 policiais deveriam estar no interior da Bahia”, afirmou.

Para Azi, o governador quer, na realidade, encobrir os dados estarrecedores da violência na Bahia. “Somente neste final de semana, enquanto 100 policiais baianos partiram para o Ceará, foram registrados 14 homicídios em Salvador e Região Metropolitana. Os números da violência na Bahia estão entre os piores do Brasil. E o governador prefere criar factoide. Será que se o Ceará fosse governador por alguém do DEM ou do PSDB ele teria tomado a mesma atitude? Fica a pergunta no ar”, concluiu o parlamentar.