Acusado pelo assassinato do jornalista Manoel Leal vai a júri na quarta-feira, dia 22

Acusado pelo assassinato do jornalista Manoel Leal, fundador do jornal itabunense A Região, Marcone Sarmento será julgado pelo Tribunal do Júri da comarca de Salvador na próxima quarta-feira, dia 22. O crime ocorreu há mais de duas décadas no sul da Bahia, em Itabuna, e teve repercussão internacional. No dia 14 de janeiro de 1998, o jornalista foi vítima de uma emboscada e acabou executado a tiros na porta de casa. Marcone Sarmento foi denunciado pelo Ministério Público estadual como um dos executores. Ele chegou a ser julgado, mas foi absolvido pela participação no crime em 2005. O MP recorreu da decisão e o Tribunal de Justiça julgou que a absolvição era manifestamento contrária à prova dos autos. Um novo julgamento foi marcado e acontecerá na próxima semana (14 anos depois), às 8h, no Fórum Ruy Barbosa. Outras duas pessoas também foram julgadas por envolvimento na ação criminosa, sendo uma delas condenada a 18 anos de prisão e outra absolvida a pedido do MP.

Ultimas Noticias

FGTS

Maior rendimento do FGTS exige atenção na hora do saque

A distribuição de 100% dos lucros do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) exigirá planejamento do trabalhador que sacar tanto os R$...

Carro voador pode chegar ao mercado nos próximos 5 anos

A empresa japonesa Nec Corp testou um carro elétrico em Tóquio, Japão, em uma ocasião que lhe permitiu demonstrar a viabilidade do projeto...

Programação infanto-juvenil é destaque do terceiro dia de Fligê

Estacionada na Praça dos Garimpeiros desde o primeiro dia da Feira Literária de Mucugê (Fligê), a Biblioteca de Extensão (Bibex), além de oferecer um...

Em Feira de Santana, ministra Damares e políticos baianos discutem o...

O “novo Brasil na perspectiva cristã” foi o tema do 1º Simpósio para Agentes Políticos e Públicos do Estado da Bahia, que aconteceu nesta...
Publicidade