Escolas poderão ter 70% dos alunos em cidades de São Paulo

As escolas paulistas em áreas na fase amarela do Plano São Paulo podem passar a ter 70% dos estudantes a cada dia, presencialmente. A medida definida no plano de flexibilização da quarentena do governo estadual já vale esta segunda nas particulares. Já as estaduais só deverão receber até 35% dos alunos em fevereiro, sob argumento da necessidade de adaptação gradual. Em todos os casos não haverá obrigatoriedade de presença dos estudantes e os municípios ainda podem ser mais restritos – ou seja, definir porcentual menor.

+ Juíza acata pedido de Alexandre Aleluia sobre retorno das aulas presenciais na Bahia

Os municípios que discordarem do avanço na flexibilização precisam publicar decretos, informando uma eventual restrição. A capital paulista avança para a fase amarela a partir de segunda-feira, segundo anunciou o governador João Doria (mais informações nesta página). Mas ainda não está claro qual porcentual será permitido. Um decreto da Prefeitura de 27 de janeiro havia indicado que a capacidade máxima inicial de recebimento de alunos deverá ser de 35%, “porcentual esse que deverá ser readequado sempre que for determinado pela Secretaria Municipal da Saúde”. Até o fim da tarde desta sexta-feira, não houve readequação.

+ Volta às aulas: confira o que as escolas podem e não podem exigir

O Estadão apurou que a Prefeitura ainda fará reuniões entre Saúde e Educação para decidir se aceita ou não a mudança. Diretores de escolas particulares disseram que já começaram a discutir a possibilidade de passar a receber mais alunos em breve. Alguns entendem que a determinação do Estado já é válida até que a Prefeitura se pronuncie dizendo o contrário.

Escolas que fazem parte da Associação Brasileira de Escolas Particulares (Abepar) devem manter o porcentual de 35% na semana que vem porque já estão organizadas dessa forma. A Abepar reúne colégios de elite como o Santa Cruz e o Bandeirantes. No Rio Branco, em Higienópolis, será mantido o esquema organizado para atender aos porcentual de apenas 35% até o carnaval.

Na cidade de São Paulo, as escolas particulares reabriram na segunda-feira, com alta adesão dos pais ao ensino presencial. Algumas delas registraram interesse de mais de 80% dos estudantes na volta presencial e tiveram de fazer um “quebra-cabeça” com rodízio entre alunos para tentar atender todos.

Afinal, porque é que temos de dormir?

O sono é essencial para uma boa saúde. Na verdade, precisamos de dormir para sobreviver - assim como precisamos de comida e água. Portanto, não é de...

PRF apreendem 8.500 Kg de aves congeladas transportadas irregularmente na BR 101

APolícia Rodoviária Federal (PRF) em trabalho conjunto com a Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB) flagrou na madrugada de sábado (06) o transporte irregular de...

Montagem do hospital de campanha em Itapuã é vistoriada

A montagem do hospital de campanha na Estação Cidadania de Itapuã foi foco de vistoria, realizada na manhã deste domingo (7), pelo prefeito Bruno Reis, acompanhado da...

“Golpe do falso motoboy”: esteliotárii que atua em vários estados é preso no sul baiano

Equipes da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), de Eunápolis, prenderam, no sábado (06/03), um estelionatário que aplicava um golpe conhecido como “golpe do falso...