Comerciante baleada por facção no Engenho Velho de Brotas não resiste

A comerciante de 59 anos Valdomira de Jesus Costa, que foi baleada durante um ataque de criminosos contra rivais, no dia 22 de setembro, no bairro do Engenho Velho de Brotas, não resistiu. O caso aconteceu por volta das 12h, na Vila Paraíso.

A trabalhadora estava internada no Hospital Geral do Estado (HGE) e chegou a passar por cirurgias. A morte de Valdomira foi confirmada às 8h18 de sábado (01/09).

No dia da ocorrência, um adolescente também foi ferido à bala e morreu na hora.

Ao Informe Baiano, moradores relataram que traficantes da localidade conhecida como “Brongo de Brotas” teriam sido os autores do crime. O mesmo grupo também executou um rapaz conhecido como ‘Xande’, na tarde do dia 24 de setembro, na Rua Maria Peixoto, próximo ao Solar Boa Vista, no mesmo bairro.

Os três assassinatos são investigados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e até o momento ninguém foi preso.

Homicídio no Engenho Velho de Brotas e moradora desabafa: “Monstros do Brongo estão aterrorizando”

Adolescente morto e mulher baleada no Engenho Velho de Brotas

Últimas Noticias