Prefeitura Municipal de Savaldor

Silvio Almeida aciona ouvidoria para acompanhar investigações sobre mortes em operações policiais na Bahia

O ministro dos Direitos Humanos e Cidadania (MDHC), Silvio Almeida, acionou a Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos para acompanhar as investigações sobre as ações policiais que resultaram na morte de 30 pessoas em uma semana na Bahia.

Segundo o ministro, “intervenções policiais que resultam em números expressivos de mortes não são compatíveis com um país que se pretende democrático e em consonância com os DIreitos Humanos”.

Casos:

Como noticiado pelo Informe Baiano, os casos ocorreram entre 28 de julho e 4 de agosto. Entre as operações chocantes aparecem os cinco mortos no bairro do IAPI, em Salvador, na madrugada de sexta-feira (04/08). Todos eram apontados como integrantes do Comando Vermelho (CV) e a ocorrência foi na localidade conhecida como “Milho”.

Conforme uma fonte do IB, o Pelotão Especial da 37ª CIPM foi recebido a tiros por um ‘bonde’ com 15 homens e houve confronto intenso. Os bandidos pretendiam promover um ataque contra rivais na Avenida Peixe, na Liberdade. Foram apreendidos três pistolas, dois revólveres e drogas. Eles eram conhecidos como “Bochecha”, “Jeitinho”, “Cristian”, “Alef” e “Michael”.

Quinto envolvido em confronto no IAPI morre e familiares protestam

No bairro de Cosme de Farias, também em Salvador, na segunda-feira (31/07), uma ação resultou em quatro mortes.

“Trem bala”! Bandidos de Engomadeira estão entre mortos em Cosme de Farias e já fizeram lives com famílias reféns

Na cidade de Itatim, na região da Chapada Diamantina, uma operação da Rondesp Chapada terminou com oito mortes confirmadas, sendo seis homens e duas mulheres. O caso aconteceu no domingo (30/07).

Oito mortos pela Rondesp na região da Chapada

Em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, sete homens morreram em um confronto com a PM na sexta-feira (28/07). De acordo com a polícia, eles tinham envolvimento com o tráfico e iriam atacar um grupo rival.

Sete bandidos mortos pela PM em Jauá

 

 

Prefeitura Luis Eduardo Magalhães
Prefeitura Porto Seguro

MP requer suspensão do alvará de funcionamento de cemitério em Serrinha em razão de danos ambientais

O Ministério Público estadual ajuizou ação civil pública contra o Município de Serrinha e o cemitério Paraíso Celestial requerendo,...