Leo Prates diz que integrantes do Sindiseps tentaram agredir vereadores e vai acionar Justiça

“Todas as matérias estão sendo combinadas as datas no Colégio de Líderes. O projeto passou aqui em todas as comissões”, pontuou o presidente da Câmara Municipal de Salvador, vereador Leo Prates (DEM), logo após a aprovação do Projeto de Lei Complementar nº 01/2018, que altera e acrescenta dispositivos à Lei nº 01/1991. Durante a votação da sessão, houve confusão entre protestantes e policiais da Assistência Militar da Casa, que chegaram a usar spray de pimenta.

“É uma ditadura. Estão querendo tirar o direito do vereador de votar. Ninguém sabia se iria ser aprovada ou reprovada. As cenas de hoje são lamentáveis”, disse o edil.

- publicidade -

Leo afirmou ainda que “houve uma tentativa de agressão contra os vereadores”.

“Democracia se faz com diálogo e convencimento”, desabafou.

Por fim, o presidente da CMS disse que vai acionar judicialmente o Sindiseps, pois ocorreu “danos ao patrimônio” da Casa, que é tombada.

O projeto trata de gratificações para os servidores municipais, ajustes na concessão de licenças para tratamento de saúde, altera jornadas de trabalho, incentiva a capacitação e trata da progressão de carreira, entre outros aspectos.

Ultimas Noticias

Rosângela Gomes Costa

Morte de enfermeira: polícia elucida feminicídio com prisão de ex-namorado em...

Com a prisão de Antônio Roberto Freitas Valverde Junior, de 37 anos, na manhã desta quinta-feira (18)/07, a Polícia Civil capturou o último envolvido...

Rui vistoria obras em Vitória da Conquista e faz visita guiada...

O governador Rui Costa esteve em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado, nesta quinta-feira (18), quando vistoriou três obras em execução pelo Governo...

Gretchen diz que se considera uma ‘dona do pedaço’: ‘Conquistei muitas...

Gretchen está estreando em novelas! Aos 60 anos, a cantora encara mais um desafio em suas mais de quatro décadas de carreira: interpretar a...

Marta repudia agressão a estudante: “Comissão de Direitos Humanos da Casa...

Presidenta da Comissão de Direitos Humanos e Democracia da Câmara de Salvador, a vereadora Marta Rodrigues repudiou a agressão sofrida por um estudante da...
Publicidade