Netflix vai produzir série original sobre o crime organizado no Brasil

Com o sucesso de séries como 3%, O mecanismo e a recém-lançada Samantha!, a Netflix está engajada em produzir conteúdo original brasileiro. Após confirmar mais quatro produtos nacionais ainda inéditos, a plataforma de streamig anunciou mais uma série original que será feita no Brasil. Prevista para estrear em 2019, A facção contará com uma trama sobre o universo do crime organizado.

Com oito episódios, o seriado será situado na São Paulo dos anos 1990 e acompanhará a história de Cristina, uma advogada que descobre que seu irmão desaparecido há anos está preso e é líder de uma escendente facção criminosa. Coagida pela polícia, ela é obrigada a se tornar informante e trabalhar contra o irmão. Entretanto, conforme se infiltra no crime, começa a questionar os próprios valores sobre a lei e a justiça.

- publicidade -

A facção é de autoria de Pedro Morelli, conhecido pelos filmes Zoom (2013) e Entre nós (2013), além de ter assinado a série Rua augusta (2018), da TNT, e alguns dos novos episódios de Cidade dos Homens (2017-2018), da Globo. A produção é da O2 Filmes, a produtora do cineasta Fernando Meirelles.

“Estamos muito animados em produzir para a Netflix essa série temática tão relevante. Em um país em que as pessoas praticaram se acostumaram a viver com níveis aterrorizantes de violência, A facção aborda a contraditória realidade brasileira, procurando entender melhor a origem do problema”, disse Morelli, em comunicado oficial.

A facção será a 8ª série original brasileira da Netflix. 3%, O mecanismo e Samantha! já estão disponíveis para streaming. Entre as inéditas, estão Sintonia, uma parceria com o produtor KondZilla; o drama de época Coisa mais linda, que contará a história da Bossa Nova; a comédia Ninguém tá olhando, de Daniel Rezende (Bingo – O Rei das manhãs, 2017); e Cidades invisíveis, de Carlos Saldanha.

Ultimas Noticias

Livre-comércio: países do Mercosul negociam acordo para automóveis

Os países do Mercosul trabalham para chegar a um entendimento para o livre-comércio de automóveis dentro do bloco antes que as taxas para a...

Bolsonaro afirma que não vai propor fim da multa de 40%...

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (20) que não vai propor o fim da multa de 40% sobre o salto do Fundo de Garantia...

Secretário do governo diz que Hezbollah atua na América do Sul

O secretário-geral dos Negócios Estrangeiros do Brasil disse esta sexta-feira (19) que o Hezbollah tem atividade terrorista na América do Sul e destacou que...

Equipe da Sempre visita imóvel incendiado em Cosme de Farias e...

Ao tomar conhecimento do incêndio que atingiu um imóvel de dois pavimentos no bairro de Cosme de Farias, a secretária de Promoção Social e...
Publicidade