Gás de cozinha fica mais caro na Bahia pela quarta vez esse ano

O gás de cozinha vai ficar mais caro na Bahia a partir de sexta-feira (01/07), conforme o Sindicato de Revendedores (Sindrevgás). O valor nas distribuidoras foi reajustado em R$ 4,90 e o repasse para o consumidor ficará entre R$ 5 e R$ 7.

De acordo com a TV Bahia, a medida faz valer a política da Acelen, que controla a refinaria Mataripe (ex-RLAM). A empresa, sempre no dia 1° de cada mês, rever os preços praticados, podendo haver aumento ou diminuição.

O preço médio do botijão vendido na Bahia era de R$ 105,78., podendo achegar a R$ 130,00. O valor mais barato foi encontrado no estado foi de R$ 90,00, segundo levantamento semanal da Agência Nacional de Petróleo (ANP). Este já é o quarto reajuste no preço do produto somente em 2022. A última alteração aconteceu em maio.

Nota da Acelen

A Acelen informa que os preços dos produtos produzidos pela Refinaria de Mataripe seguem critérios de mercado que levam em consideração variáveis como custo do petróleo, que é adquirido a preços internacionais, dólar e frete. A Acelen reafirma sua aposta em uma política transparente, amparada por critérios técnicos, em consonância com as práticas internacionais de mercado.

Últimas Noticias

MP recomenda realização de estudos técnicos para instalação da ponte Salvador – Ilha de Itaparica

O Ministério Público estadual expediu recomendação ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) para que adote uma...