Rio de Janeiro tem sábado de tiroteios e enterro de 108º policial morto este ano

Enterro Os corpos do sargento Jorge da Silva Brandão, de 42 anos, e do empresário Manoel Alves Gomes foram enterrados no fim desta manhã no cemitério Jardim da Saudade, na Sulacap, zona norte do Rio. Os dois foram mortos na noite de quinta-feira (12) em uma tentativa de assalto, próximo ao Shopping Grande Rio, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, onde funciona o parque de diversões de propriedade do empresário. No momento do assalto, o carro do empresário estava sendo dirigido pelo sargento da PM, que trabalha na UPP da Mangueira. O policial fazia segurança para o dono do parque de diversões. O empresário morreu no local e o sargento chegou a ser levado a atendimento médico mas não resistiu aos ferimentos. O sargento é o 108º policial morto este ano no estado do Rio de Janeiro. De acordo com a investigação, dois homens abordaram o veículo em que estavam as vítimas já pedindo dinheiro e em seguida atiraram. O carro dos assaltantes foi localizado na região com R$ 2,9 mil, mas, segundo a polícia, não é possível confirmar se esse era o total que estava sendo levado pelo empresário.]]>