Bolsonaro decide revogar decreto que facilita porte de arma de fogo

O presidente Jair Bolsonaro decidiu revogar o decreto que facilitou o porte de armas de fogo. A informação foi dada pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em reunião com senadores na tarde desta terça-feira (25).

Bolsonaro editou, em maio, dois decretos sobre posse e porte de armas de fogo e uso de munições. A pacote de mudanças foi alvo de críticas e, na semana passada, o plenário do Senado aprovou parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que pede a suspensão dos decretos.

- publicidade -

O parecer seguiu para análise da Câmara dos Deputados. As regras previstas nos decretos continuarão valendo até que a Câmara vote o tema e, eventualmente, aprove a suspensão dos decretos.

O direito ao porte é a autorização para transportar a arma fora de casa. É diferente da posse, que só permite manter a arma dentro de casa.

*G1

Ultimas Noticias

Livre-comércio: países do Mercosul negociam acordo para automóveis

Os países do Mercosul trabalham para chegar a um entendimento para o livre-comércio de automóveis dentro do bloco antes que as taxas para a...

Bolsonaro afirma que não vai propor fim da multa de 40%...

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (20) que não vai propor o fim da multa de 40% sobre o salto do Fundo de Garantia...

Secretário do governo diz que Hezbollah atua na América do Sul

O secretário-geral dos Negócios Estrangeiros do Brasil disse esta sexta-feira (19) que o Hezbollah tem atividade terrorista na América do Sul e destacou que...

Equipe da Sempre visita imóvel incendiado em Cosme de Farias e...

Ao tomar conhecimento do incêndio que atingiu um imóvel de dois pavimentos no bairro de Cosme de Farias, a secretária de Promoção Social e...
Publicidade